sábado, 11 de dezembro de 2010

O SALTO

“ – Dois minutos pro salto!!!”
Alguém grita.
Agora só há duas saídas:
Eu me confessar um covarde
Ou encarar os riscos.
“ – Um minuto pro salto.”
Até o tempo está contra mim!
Resolvo esperar.
Me acalmo esperando.
Me desespero de tanto esperar.
Agora o tempo parece rastejar
“ – Trinta segundos.”
Ouço um choro
E alguém dizendo:
“ – Se eu saltar, eu morro!”
Ainda tenho tempo de recuar
Mesmo assim, prefiro arriscar
“ – Dez segundos.”
Me levanto pra saltar,
Vejo toda minha vida passar
Pela janela desse avião
Com medo, tento recuar,
Alguém me impede e diz:
“ – Agora é tarde, não pode voltar."
“Vá saltar e boa sorte!”
Então, salto...
Lado a lado com a morte
Um mil, dois mil, três mil...
Felizmente, o pára-quedas abriu!!!
É o fim de toda a minha ansiedade
Nesse salto rumo à felicidade.

Einstein Augusto

Nenhum comentário:

Postar um comentário